Por Junior Kamenach

Foi com emoção, mas o Atlético-GO garantiu vaga na 3ª fase da Copa do Brasil, ao bater o Santa Cruz-PE nos pênaltis por 4 a 3, após empate no tempo normal por 1 a 1.

O Dragão faz um ótimo início de temporada e vive uma lua de mel com o torcedor.

O Rubro-Negro é o líder do Goianão e possui o segundo melhor aproveitamento entre os times da Série A (74%).

Apesar disso, nem tudo são flores para os lados da Campininha.

Kozlinski faz desabafo

Herói da classificação Rubro-Negra ao defender 2 pênaltis, o goleiro Mauricio Kozlinski fez um desabafo em entrevista à Sagres 730.

O arqueiro do Atlético disse que, com a chegada do goleiro Jean, a quem referiu como sombra, “muitos querem criar situações para que eu possa estar saindo do time.”

Kozlinski afirmou que tem ouvido “coisas” desnecessárias sobre isso no dia-a-dia, mas que tem que saber lidar com a situação.

Em resposta à declaração do goleiro, o presidente do clube, Adson Batista, disse a mesma rádio que é preciso “dar nome aos bois”.

Além disso, o dirigente afirmou que o arqueiro precisa trabalhar com a pressão para reforçar a competitividade saudável dentro do Atlético.

A impressão que passa é que Jean respira polêmica, mesmo quando, aparentemente, não tem uma contribuição direta dele.

O desabafo de Kozlinski é mais uma prova de que a contratação de Jean foi errada.

Esse problema deve ser resolvido para que não atrapalhe o bom momento do Dragão dentro das quatro linhas.

Por conta disso, deixemos a polêmica de lado e exaltemos a classificação rubro-negra.

Atlético classifica Copa do Brasil
Jogadores do Atlético comemoram classificação na Copa do Brasil | Foto: Reprodução/Redes Sociais ACG

O jogo

Renato Kayzer abriu o placar para o Atlético logo aos 13 minutos do primeiro tempo, com um belo chute cruzado.

O Rubro-Negro, que comandava as ações do jogo e não sofria sustos, tomou o empate ainda no primeiro tempo, em cabeçada de Patrick Nonato após cobrança de escanteio.

Na segunda etapa, o desempenho do Dragão caiu, e por pouco o Santa não virou o jogo.

A expulsão do volante Paulinho da equipe visitante fez o tricolor pernambucano recuar. O Atlético se aproveitou disso e foi pra cima, mas não conseguiu marcar o segundo.

Não foi uma boa apresentação do Rubro-Negro, ao contrário, faltou atenção à equipe, que fez muitas faltas durante a partida.

Contudo, o que vale é a classificação e o R$ 1,5 milhão na conta. Parabéns Dragão!


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz

Comentários do Facebook