‘Seinfeld’ continua bom – Coluna de Seriados

Coluna de Seriados

Jerry, George, Elaine e Kramer (Foto: Divulgação)
Jerry, George, Elaine e Kramer (Foto: Divulgação)

Who is this? (It’s George.) Come on up.

“Seinfeld” é uma série sem “plot” rígido ou convencional. Não dá pra dizer que ela é sobre isso ou aquilo. Os personagens não têm objetivos claros, como nos mais tradicionais e bem escritos roteiros. Mas o resultado foi um dos produtos mais icônicos da história da televisão norte-americana.

Nela, o comediante Jerry Seinfeld é protagonista, interpretando uma versão ficcionalizada de si mesmo. Entremeados por trechos dos stand-ups de Seinfeld, os episódios são focados em mais três amigos do comediante. E o que falta de talento para as artes cênicas em Jerry sobra nos outros três.

O elenco fixo de apenas quarto personagens: Seinfeld (por Seinfeld), seu vizinho Cosmo Kramer (por Michael Richards), sua ex-namorada Elaine Benes (por Julia Louis-Dreyfus) e seu melhor amigo George Costanza (por Jason Alexander).

Mesmo com a indescritível capacidade de atuação dos outros atores, (seria chover no molhado enfatizar o quanto são bons) nenhum deles conseguiu, apesar de terem tentado, emplacar uma própria série nos anos consecutivos. Mas Louis-Dreyfus é aclamada pela crítica ano após ano pelo papel de Selina Meyers em “Veep”.

“Seinfeld” não revolucionou nada. A TV americana produz sitcoms em ritmo fordista desde a década de 1940. “A série é sobre nada”, disse Jerry. Mas seria mais apropriado dizer que ela foi sobre tudo. Nem a cara datada de anos 80 torna difícil a identificação com os problemas e as tramas dos episódios. E é justamente isso o que faz uma boa comédia.

Com tanta qualidade, não foi surpreende a influência que teve sobre uma geração de comediantes na televisão. Chris Rock  bebeu dessas águas. E Louis CK, responsável pelo melhor seriado de 2014, admite com franqueza essa inspiração.

Afinal, o que te impede de devorar agora mesmo os 180 episódios de “Seinfeld”?

*No Brasil, “Seinfeld” é exibida pela Sony.

Marco Faleiro é estudante de jornalismo e já tem mais de duas mil horas de seriados assistidos – [email protected]

Comentários do Facebook