Bruno Felipe (PSOL) | Foto: Folha Z
Bruno Felipe (PSOL) | Foto: Folha Z

Candidato do PSOL a prefeito de Aparecida, Bruno Felipe criticou a coligação que defende a reeleição de Gustavo Mendanha (MDB) por “ausência de coerência política”.

O comentário foi feito em relação à presença de partidos de espectros políticos distantes dentro do grupo de situação na cidade, como PSL e PT.

“É fisiologismo mesmo, para disputar a eleição de maneira confortável e fácil”, disse Bruno à Folha Z.

PSOL

Segundo ele, a campanha do PSOL, que tem chapa pura e não fez coligação majoritária, tem independência para discutir propostas “revolucionárias”, como mudanças significativas na educação e no transporte público.

“Nós somos o PSOL, não estamos aqui para trazer trevas para o processo. A ideologia não pode interditar o melhor para a população”, afirmou.

As declarações foram feitas em sabatina promovida pela Associação Comercial e Industrial de Aparecida (Aciag), Subseção da Ordem dos Advogados (OAB) de Aparecida e a Folha Z com os candidatos a prefeito da cidade nesta 3ª feira (27).

Bruno Felipe (PSOL) fala ao jornalista Marco Faleiro | Foto: Folha Z
Bruno Felipe (PSOL) fala ao jornalista Marco Faleiro | Foto: Folha Z

LEIA MAIS: Aciag, OAB e Folha Z vão sabatinar candidatos à prefeitura


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook