Márcia Caldas | Foto: Divulgação/Aciag
Márcia Caldas | Foto: Divulgação/Aciag

Para a candidata à Prefeitura de Aparecida, Márcia Caldas (Avante), a 1ª ação do novo prefeito da cidade deve ser uma ampla reforma administrativa.

Segundo ela, na atual gestão, as secretarias estão “fatiadas” pelas alianças políticas que dão sustentação ao grupo do prefeito Gustavo Mendanha (MDB).

“[O ex-prefeito] Maguito Vilela tinha uma gestão descentralizada. Mas a atual gestão é centralizada, fechada”, argumentou.

Rodrigo Caldas

Para exemplificar essa centralização, Márcia citou como exemplo o próprio marido, ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico.

“É como se ele tivesse recebido um carro potente, mas foi colocado no banco de trás. Não dirigia, mas recebia as multas na sua CNH”, afirmou.

As declarações foram feitas em sabatina promovida pela Associação Comercial e Industrial de Aparecida (Aciag), Subseção da Ordem dos Advogados (OAB) de Aparecida e a Folha Z com os candidatos a prefeito da cidade na 3ª feira (27).

LEIA MAIS: Bruno Felipe critica presença de PT e PSL, juntos, na chapa de Gustavo


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook