A tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, parece não ter servido de exemplo para a Câmara Municipal de Aparecida.

Desde que foi inaugurada, em 6 de fevereiro de 2018, a Casa não tem licença do Corpo de Bombeiros para funcionar.

Foi uma matéria exclusiva do Folha Z que revelou a irregularidade ainda em fevereiro deste ano.

O prédio da Câmara de Aparecida é vizinho da Unidade de Inspeções e Análise de Projetos do Corpo de Bombeiros, na Avenida de Furnas, no Setor Maria Luíza.

Funcionários narraram à reportagem que têm receios em relação ao imóvel, cujo aluguel custa aos cofres públicos R$ 40 mil por mês.

Infiltrações em paredes próximas a instalações elétricas também podem ser fonte de problemas.

Mas a principal preocupação dos bombeiros é mesmo com a as saídas de emergências.

Reunião

Na semana passada, o comandante do 7° Batalhão Bombeiro Militar, Marcos Vinícius esteve reunido com o presidente da Câmara Vilmar Mariano (MDB).

Na pauta do encontro estava prevista uma discussão das mudanças na estrutura da casa necessárias para a liberação da licença de funcionamento.

Além disso, também são previstos cursos para orientar os funcionários da Casa na ocorrência de emergências.

O Folha Z entrou em contato com a assessoria da Câmara e aguarda resposta sobre esses prazos.

Funcionários da Câmara de Aparecida passarão por treino de ‘Abandono de Edificação’


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook