A Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia aprovou projeto de lei que obriga todos os estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas na cidade a instalarem circuito de câmeras de monitoramento.

O PL 013/19, de autoria do Executivo, recebeu votação positiva em sessão ordinária na última terça-feira, 19.

Assim, o funcionamento de bares, distribuidoras de bebidas, supermercados, postos de combustíveis, boates e “similares que vendam bebidas alcoólicas” está condicionado à existência das câmeras.

A proposta original culminou de um acordo com o Ministério Público Estadual.

Agora aprovada, a lei deve entrar em vigor 90 dias após a publicação.

Detalhes

Comerciantes só poderão obter ou renovar os alvarás com um sistema de monitoramento em pleno e ininterrupto funcionamento.

A Lei Municipal n° 3.320/2016, alterada pelo novo dispositivo, estabelecia que o sistema de monitoramento deveria possuir resolução nítida de imagens (HD ou superior) e tecnologia suficiente para armazenamento de mídia durante o período mínimo de 6 meses, não podendo ainda existir “ponto cego” na captura de imagens.

Câmara de Aparecida votou e agora todo local que venda bebidas alcoólicas deverá ter câmeras na cidade | Foto: Divulgação / Câmara de Aparecida
Câmara de Aparecida votou e agora todo local que venda bebidas alcoólicas deverá ter câmeras na cidade | Foto: Divulgação / Câmara de Aparecida

Mas as especificações técnicas dos equipamentos de captação de imagem e armazenamento de dados ainda devem ser definidas por decreto do Executivo.

Professores lotam galerias da Câmara de Aparecida em manifestação


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook