Evangélicos podem ajudar a eleger Marina

Pesquisas recentes apontam crescimento da candidata do PSB
Pesquisas recentes apontam crescimento da candidata do PSB

A pesquisa Ibope divulgada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” revela que os eleitores evangélicos seriam um diferencial para a eleição de Marina Silva num possível segundo turno enfrentando Dilma Rousseff.

O estudo relata que os católicos estariam divididos em meio a meio entre as duas candidatas. Mas o trunfo da presidenciável pelo PSB seria entre os evangélicos, que representam 22% do eleitorado brasileiro.

Os números divulgados mostram que 53% dos evangélicos preferem Marina, enquanto apenas 27% escolheriam Dilma.

Não é surpresa que esse setor tenha desconfiança da atual presidente. Em outras ocasiões, houve mal estar entre as partes por causa de inclinações de Dilma Rousseff à legalização do aborto.

Comentários do Facebook