Governador Ronaldo Caiado | Foto: Divulgação
Governador Ronaldo Caiado | Foto: Divulgação

Goiás foi o Estado que mais reduziu despesas em 2020, apesar dos gastos com a pandemia da covid-19.

De acordo com relatório da Secretaria do Tesouro Nacional, de janeiro a junho, a queda nas despesas públicas goianas foi de 8% em comparação com o mesmo período de 2019.

Os números também apontam que Goiás foi um dos únicos 6 Estados que conseguiram reduzir suas despesas correntes.

Para chegar a esse resultado, o Tesouro considerou as informações fiscais consolidadas de cada ente federativo e contabilizou todos os Poderes, além de Ministério Público e Defensoria Pública.

Repercussão

Matéria da Folha de S. Paulo publicada nesta 3ª feira (27) avaliou que o desempenho de Goiás é resultado da combinação de um decreto do governador Ronaldo Caiado (DEM), que instituiu o estado de calamidade pública e da atuação de sua secretária da Economia, Cristiane Schmidt.

No Twitter, o vice-governador de Goiás Lincoln Tejota (Cidadania) escreveu que ficou “orgulhoso, mas não surpreso”, com o resultado.

“Esse é o resultado de muito empenho, planejamento e respeito com os recursos públicos. Não medimos esforços para salvar vidas, mas não descuidamos em nenhum momento do cenário fiscal. Temos uma equipe que faz o dever de casa”, comentou.

LEIA MAIS: Governador mantém previsão de vacina para janeiro


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook