Gustavo Mendanha e Veter Martins | Foto: Reprodução
Gustavo Mendanha e Veter Martins | Foto: Reprodução

Gustavo Mendanha não guarda mágoa de Veter Martins.

Segundo fontes próximas ao prefeito, ele confidenciou que “entende” os motivos que levaram seu vice a se lançar como candidato de oposição em 2020.

Apesar do ocorrido, Gustavo mantém “admiração” por Veter, respeita a candidatura e não fará nada que o prejudique pessoalmente, trabalhando por uma campanha “limpa”.

Mendanha teria ficado chateado e triste com o rompimento político, mas pretende preservar a amizade que existe entre as duas famílias, independentemente de Veter levar o projeto da candidatura até o final ou não.

Avante

Por outro lado, interlocutores ressaltam que Gustavo não entendeu a atitude de seu então secretário de Desenvolvimento Econômico Rodrigo Caldas.

Apesar de integrar a base do prefeito, Rodrigo “mudou de lado” na 1ª oportunidade que teve nessas eleições.

Ele indicou sua esposa, Márcia Caldas, para ser vice de Veter.

Essa atitude irritou o prefeito e os “generais” do núcleo duro da gestão.

Após as indicações, Caldas chegou a procurar aliados de Gustavo para se justificar.

Mas, segundo eles, a confiança já estava “quebrada”.

LEIA MAIS 👉 Como Vilmarzim tornou-se vice de Gustavo Mendanha


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Basta clicar aqui para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

Comentários do Facebook