Jair Bolsonaro e João Campos
Jair Bolsonaro e João Campos | Foto: Reprodução

O deputado federal João Campos (Republicanos) tornou-se o principal articulador da aproximação entre Aparecida de Goiânia e Brasília.

Aliado do prefeito Gustavo Mendanha (MDB), o deputado não tem poupado esforços para colocar a 2ª maior cidade goiana no radar do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

Na última 4ª feira (25), ele aproveitou audiência com o presidente para comunicá-lo sobre a vitória expressiva do prefeito Gustavo Mendanha (MDB) nas eleições municipais.

Em vídeo divulgado nas redes, a dupla elogiou o prefeito pelo resultado.

Convite

Uma semana depois, Campos quer agora trazer o presidente para a inauguração de uma agência da Previdência Social em Aparecida.

Segundo apurou a reportagem, o deputado ligou para o presidente nesta 2ª (30) para convidá-lo e o chefe do Executivo ficou de dar um retorno a respeito da possibilidade de encaixar em sua agenda o evento, marcado para a próxima 6ª feira (4/12).

Presidência da Câmara

No 5º mandato como deputado federal, a popularidade de João Campos está em alta.

Recentemente, seu nome foi cotado para a Presidência da Câmara dos Deputados, na sucessão de Rodrigo Maia (DEM).

Campos, porém, recuou para apoiar o presidente nacional do seu partido, Marcos Pereira, que deve ser o candidato de Bolsonaro.

‘Terrivelmente evangélico’

Em vez disso, fontes na Capital Federal apontam que João Campos pode ser o indivíduo “terrivelmente evangélico” que o presidente prometeu indicar para o STF (Supremo Tribunal Federal).

Em 1ª mão: Bolsonaro deve vir a Aparecida na 6ª feira (4/12)


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook