Câmara vota licença médica de Gustavo Mendanha e Vilmar Mariano deve seguir na prefeitura | Foto: Reprodução / Instagram
Câmara vota licença médica de Gustavo Mendanha e Vilmar Mariano deve seguir na prefeitura | Foto: Reprodução / Instagram

A Câmara de Aparecida vai apreciar um decreto que permite que o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) se ausente por mais de 15 dias das suas funções devido a uma licença médica.

Esperada para a sessão desta 5ª feira (5), a votação é uma competência privativa da Casa, estabelecida em seu regimento interno.

Um ofício com o pedido de afastamento foi remetido aos vereadores pelo chefe da Casa Civil, Fábio Pasaglia, e pelo procurador geral do município, Fábio Camargo.

Recebida pela mesa diretora, a proposta deve ser colocada em votação na próxima sessão.

Gustavo Mendanha, Veter Martins e Vilmar Mariano | Foto: Divulgação
Gustavo Mendanha, Veter Martins e Vilmar Mariano | Foto: Divulgação

Mendanha, Veter e Vilmar

O prefeito Gustavo Mendanha deixou a UTI no último domingo, 1°, após ser internado devido a uma trombose venal.

Segundo sua assessoria, ele deve seguir hospitalizado pelo menos até o dia 21 de março.

Na sua ausência, quem deveria assumir o Executivo seria o vice-prefeito, Veter Martins.

Mas ele também está de licença médica.

Assim, o presidente da Câmara, Vilmar Mariano, deve seguir como prefeito em exercício pelos próximos dias.

Vereadores juntos contra Max e Valéria


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”..

Comentários do Facebook