O Executivo vai encaminhar nesta 3ª feira (22) à Câmara de Goiânia o projeto de reforma administrativa da prefeitura da capital.

O texto foi elaborado pela equipe do prefeito eleito Maguito Vilela (MDB).

No projeto, estão previstos a criação de 2 secretarias novas e o desmembramento de 2 outras pastas em 4.

Além disso, há previsão para a criação do cargo de secretário executivo, com salário de R$ 12 mil, em cada uma das pastas da gestão da capital.

Novidades

A 1ª novidade é a Secretaria de Relações Institucionais.

A exemplo da pasta de Projetos e Captação de Recursos, adotada por Maguito na Prefeitura de Aparecida, o titular das Relações Institucionais será responsável pela busca de recursos em Brasília e junto a entidades privadas.

Outra medida que lembra a gestão de Maguito na cidade vizinha é o projeto de Cidade Inteligente, que será encabeçado pela novo Escritório de Prioridades Estratégicas.

Desmembramentos

Consta no projeto de reforma, além disso, o desmembramento da Educação em 2, incluindo a Secretaria de Esportes.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia, por sua vez, dará lugar à pasta de Desenvolvimento e Economia Criativa e à Secretaria de Inovação e Tecnologia.

O que acontece se Maguito não puder tomar posse na data oficial?


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook