É hoje! Eleições definem futuro do Vila Nova

Gutemberg Veronez é o candidato da oposição para assumir a presidência do Vila Nova (Foto: Divulgação)
Gutemberg Veronez é o candidato da oposição à presidência do Vila Nova (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira, 4, a partir das 19h30, no Onésio Brasileiro Alvarenga, começa a ser definida a temporada 2015 do Vila Nova. Gutemberg Veronez e Vinícius Marinari disputam hoje a presidência executiva do clube.O vencedor do pleito substituirá Joás Abrantes, que renunciou na semana passada após seis meses de licença.

Candidato da oposição, Gutemberg, de 43 anos, é empresário e conselheiro do Vila há três anos. Dentre as propostas principais, ele propõe maior autonomia do presidente, mais participação da torcida na vida política do clube e vê com olhos a permanência de Wladimir Araújo no comando do time em 2015.

Situação ou renovação

Já Vinícius Marinari, de 26 anos, conta com o apoio da atual gestão, mas se coloca como candidato da renovação. Conselheiro do clube, Marinari prevê um orçamento de R$3 milhões para toda a temporada 2015, sanar as dívidas em janeiro e , se eleito, também pretende manter Wladimir Araújo como treinador.

Independente de quem vença as eleições no Vila Nova é preciso que seja uma administração que pense exclusivamente no clube. Que não haja vaidades, nem interesses pessoais e que os grupos opositores estejam do lado do presidente eleito para ajudá-lo na difícil missão de reerguer o Tigre.

2015 promete ser um ano complicado dentro e fora de campo. Com problemas financeiros e pouco dinheiro para a próxima temporada, os homens fortes do Vila precisam ajudar a equipe a voltar para a divisão de elite do Goianão e para a série B do Campeonato Brasileiro.

Comentários do Facebook