Estádio Olímpico está 92% pronto e deve ser entregue em julho

A obra está em construção a quase dez anos | Foto: Divulgação
A obra do Estádio Olímpico está em construção a quase dez anos | Foto: Divulgação

Um representante da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) esteve na capital goiana para avaliar as obras do Estádio Olímpico. A expectativa é que os times do Brasileirão Série B possam utilizar o estádio para jogos do campeonato no segundo semestre.

De acordo com Luiz Antônio de Paula, diretor de obras civis da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), a obra está 92% concluída e restam apenas alguns detalhes para serem feitos. O estádio Olímpico pertence à obra do Governo de Goiás do Centro de Excelência do Esporte, que também contém o complexo do Rio Vermelho.

LEIA MAIS: Diretoria do Goiás faz promoção e ingresso para o próximo jogo irá custar R$ 10

Fase de conclusão

“O Olímpico está em fase final de conclusão. Estamos em fase de arremate, limpeza e a parte externa de urbanização, mas faltam poucos detalhes e depois retocar algumas coisas,” concluiu o diretor.

Além do gramado, foram instalados placares eletrônicos e construída uma pista para atletismo. O antigo estádio foi demolido em 2006 para a construção de um novo. A Agetop afirma que o estádio não sairá por menos de R$158 milhões.

Ainda segundo Luiz Antônio, a obra estará 100% completa em julho e a capacidade do estádio deve ser de mais de 12 mil lugares. O diretor não descarta possíveis reparos no estádio após a entrega da obra: “Pode ser que apareça algum detalhe, mas são coisas pontuais que precisam ser ajustadas durante o funcionamento”.

Comentários do Facebook