Juiz admite erro no gol de mão do Goiás

"Não foi a primeira vez que errei, mas sigo motivado, como sempre estive”, afirma o árbitro / Foto: Reprodução
“Não foi a primeira vez que errei, mas sigo motivado, como sempre estive”, afirma o árbitro / Foto: Reprodução

André Luiz Castro, árbitro acostumado a apitar grandes partidas, esteve envolvido em uma polêmica no último jogo entre Goiás e Aparecidense nesta quarta-feira (25). Ele marcou um gol irregular marcado pelo atacante Bruno Henrique, que usou a mão.

O árbitro declarou a Radio 730 que só viu a infração horas depois, quando assistiu a partida em casa. Ele disse ter ficado triste por terem falado que ele cometeu o erro propositalmente, não marcando a falta. “Quero acertar sempre e ficar tranquilo no meu dia-a-dia”, afirmou André.

Comentários do Facebook