Rogério Mancini pede demissão do Vila Nova. Dois nomes agradam a diretoria colorada, veja quem são

Técnico Rogério Mancini
Técnico Rogério Mancini (Foto: Reprodução/Diário de Goiás)

Rogério Mancini não é mais o técnico do Vila Nova. O profissional, que iniciou o seu trabalho nas categorias de base do clube, pediu demissão do cargo, após empate em 0 a 0 diante do Paraná, no Estádio Serra Dourada.

A diretoria do Vila tenta a contratação de Zé Teodoro ou Givanildo Oliveira. Enquanto o novo comandante colorado não é definido, quem assume a equipe para o próximo compromisso é o auxiliar Cuca. Mancini, entrou no Tigre através de um programa de estágio e após se destacar pela qualidade foi promovido a técnico do Sub-20, onde conquistou de forma invicta o título da Copa Goiás da categoria.

A partir de então, o técnico foi conquistando seu espaço até chegar a efetivação no comando técnico da equipe principal. Foram quatorze partidas, sendo cinco vitórias, quatro empates e cinco resultados negativos.

Mancini que não ocupará mais nenhuma função dentro do Vila Nova, utilizou sua página no Facebook para agradecer aos dirigentes e a torcida colorada.

“Agradeço a torcida do Vila Nova FC, ao presidente Guto Siloé pela oportunidade e confiança, ao Francisco Elisio Camargo Albuquerque e a todos no clube que me abriu as portas. Sigo meu caminho com a certeza que sempre trabalhei forte. Vida que segue, VILA QUE SEGUE! Nesse mundo do futebol tenho certeza que nossos caminhos ainda vao se cruzar. Até breve!”

O Vila Nova volta a campo às 21h30 da próxima terça-feira, quando enfrenta o Luverdense, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Comentários do Facebook