Anápolis é município goiano que mais abriu leitos de UTI para seus cidadãos

Prefeitura abriu 93 leitos exclusivos para moradores com estado agravado da Covid-19

Leito de UTI em Anápolis - Foto: Divulgação

O município de Anápolis foi o município goiano que mais abriu leitos exclusivos de Covid-19 proporcionalmente à população da cidade em Goiás.

Desde o primeiro caso confirmado, em março de 2020, a Prefeitura ampliou 93 novos leitos de UTI exclusivos para pacientes de Anápolis com a doença.

Uma comparação para demonstrar a expressividade do número é Aparecida, que possui 200 mil habitantes a mais que Anápolis e abriu 140 leitos de UTI e ainda atende municípios vizinhos.

Anápolis utiliza os leitos apenas com moradores da cidade, pois foram totalmente custeados com recursos do município.

Os investimentos ultrapassam R$27 milhões.

O custo médio de um leito de UTI por dia é de R$1.850.

Para abrigar os novos leitos, foram inaugurados durante a pandemia duas novas estruturas.

A primeira foi o Hospital Norma Pizzari Gonçalves, inaugurado em março de 2020, que conta com 22 leitos de UTI.

Já o Hospital Alfredo Abrahão, que abriga mais de 20 leitos de UTI, foi inaugurado na semana passada.

Também cinco UBSs foram transformadas em Unidades de Referência para o coronavírus para receber pacientes com os sintomas da doença.

Comentários do Facebook