Comissão debate sobre aulas presenciais com 50% dos alunos em Goiás

Encontro também foi marcado pela apresentação do Plano de Vacinação no Estado. Confira todos os detalhes

aulas presenciais
Reunião debateu sobre aulas presenciais em Goiás | Foto: Ilustração/Canva

O Centro de Operações de Emergências (COE) em Saúde Pública de Goiás para Enfrentamento ao Coronavírus debateu, nesta 4ª feira (6), sobre o retorno das aulas presenciais no Estado.

O representante do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Goiânia (SEPE), Flávio Roberto de Castro, solicitou o aumento da capacidade de alunos em sala nas escolas particulares de 30% para 50%.

No entanto, o COE disse que a proposta deverá ser antes debatida no Grupo de Trabalho de Educação.

A previsão é de que em 2 semanas a proposta será novamente levada ao Centro.

Plano de Vacinação em Goiás

Na reunião virtual, entrou em pauta também a vacinação contra a covid-19 em Goiás.

A superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Flúvia Amorim, apresentou o “Plano de Operacionalização para a Vacinação contra Covid-19 no Estado de Goiás”.

O objetivo, segundo mostrado, é estabelecer as ações e estratégias para a operacionalização da vacinação contra o vírus no território goiano.

Além de informar as responsabilidades do Estado e dos municípios, o documento apresenta o público-alvo para a imunização, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Também descreve os aspectos logísticos envolvidos no recebimento, armazenamento e distribuição dos imunobiológicos.

Outros objetivos, segundo o Plano, são subsidiar os gestores municipais na construção de planos locais, a fim de minimizar os riscos durante o processo de vacinação.

O alvo principal é alcançar as metas propostas de cobertura vacinal, seguindo criteriosamente as definições de grupos prioritários a serem vacinados.

“Após apresentação do documento na próxima reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que será na próxima terça-feira, 12, o plano será disponibilizado no site da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás”, explicou Flúvia.

Outros assuntos

Foi debatido também a situação epidemiológica da covid-19 em Goiás e da rede assistencial de leitos públicos e privados.

As reuniões do COE são realizadas quinzenalmente, para avaliação do contexto, do cenário e de todas as providências que devem ser tomadas em relação à pandemia de covid-19.

O COE reúne representantes de diversas instituições municipais, estadual e federal, tendo caráter consultivo e deliberativo.

LEIA MAIS ➡️ Confira o calendário 2021 de aulas em Goiás, Goiânia e Aparecida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook