Covid-19: Goiás alerta para venda de vacinas falsas na internet

Golpe da vacina: PC e Procon pedem atenção da população

Campanha de vacinação contra a covid-19 em Aparecida de Goiânia
Golpistas oferecem a vacina para pegarem dados pessoais da pessoa | Foto: Claudivino Antunes

A Polícia Civil e o Procon Goiás estão alertando a população para não cair no golpe da venda de vacinas contra o coronavírus.

Por outro lado, as autoridades pedem que anúncios de imunizantes piratas sejam denunciados.

Além disso, esclarecem que não há previsão da chegada do imunizante em clínicas particulares ou farmácias.

Sites na internet já oferecem vacinas contra o coronavírus entre R$ 100 e R$ 497.

Fraudes

“Muitas vezes o objetivo final deste golpe não é a venda da vacina, mas encontrar um meio para a captação dos dados bancários das pessoas e assim aplicar outros golpes”, afirma o superintendente do Procon Goiás, Allen Viana.

Segundo ele, o meio mais utilizado pelos criminosos é o comércio online.

Leia também ➡️ Agendamento? Cadastro? Perguntas e respostas sobre a vacinação em Aparecida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook