Uma criança de 1 ano e 7 meses foi atropelada pelo próprio pai na manhã do último domingo, 1º, em Inhumas, a cerca de 45 km de Goiânia.

Imagens de uma câmera de segurança com visão para a rua registraram o momento do acidente, que aconteceu no Setor Vila Rosa Heitor.

Quando o homem saía com o carro de ré, o bebê correu e ficou atrás do veículo.

Sem notar, o pai continuou a manobra e o filho tentou se segurar para não cair.

Em um determinado momento, a criança se desequilibra e é atropelada pelo carro. Assim que o homem percebe, freia e evita uma tragédia.

Confira o vídeo:

CRIANÇA DE 1 ANO É ATROPELADA PELO PRÓPRIO PAI EM INHUMAS . Uma criança de 1 ano e 7 meses foi atropelada pelo próprio pai na manhã do último domingo, 1º, em Inhumas, a cerca de 45 km de Goiânia . Imagens de uma câmera de segurança com visão para a rua registraram o momento do acidente, que aconteceu no Setor Vila Rosa Heitor . Quando o homem saía com o carro de ré, o bebê correu e ficou atrás do veículo . Sem notar, o pai continuou a manobra e o filho tentou se segurar para não cair . Em um determinado momento, a criança se desequilibra e é atropelada pelo carro. Assim que o homem percebe, freia e evita uma tragédia . Apesar do susto, o bebê teve apenas um arranhão na perna e foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade . Em seguida, foi encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia . Exames realizados posteriormente não constataram nenhuma fratura

0 Likes, 0 Comments – Folha Z (@folhaz) on Instagram: “CRIANÇA DE 1 ANO É ATROPELADA PELO PRÓPRIO PAI EM INHUMAS . Uma criança de 1 ano e 7 meses foi…”

Apesar do susto, o bebê teve apenas um arranhão na perna e foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Em seguida, foi encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.

Exames realizados posteriormente não constataram nenhuma fratura.

Polícia prende quadrilha suspeita de fraudar combustível em Aparecida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook