Homem é preso suspeito de matar pitbull com arpão e machado em Goianésia

À polícia, autor disse que temeu que cachorro atacasse a neta depois de invadir duas casas

homem preso matar pitbull
Homem foi preso suspeito de matar um pitbull em Goianésia (GO) | Foto: Reprodução

Um homem de 35 anos foi preso suspeito de matar um cachorro da raça pitbull no último sábado (05), em Goianésia (GO), a cerca de 180 km de Goiânia.

Segundo a Polícia Militar (PM), o cão fugiu por um portão que estava aberto.

Na rua, o pitbull atacou um animal de rua e teria invadido duas residências.

Foi então que o suspeito teria matado o cachorro, usando um arpão e um machado para decepá-lo.

Pitbull solto

Em conversa com a PM, o homem disse que o cão entrou em sua residência, saiu e foi para a garagem de outra casa.

Em seguida, o animal teria atacado um cachorro de rua, que vivia na região.

Nesse momento, o suspeito disse que a neta dele estava próxima ao cão que foi perseguido pelo pitbull, e resolveu feri-lo com um arpão.

Após desferir o golpe, o cachorro saiu da casa agonizando. O homem então teria pego o machado e cortado o pescoço do animal.

A dona do cachorro

A dona do cachorro disse à PM que no momento do crime somente o filho dela estava em casa.

Ela contou que foram os amigos do menino que deixaram o portão aberto.

A polícia disse que o suspeito foi levado até o hospital da cidade para realizar um relatório médico e, em seguida, conduzido à delegacia da cidade.

De acordo com a Polícia Civil (PC), um inquérito será instaurado para investigar as circunstâncias do crime.

LEIA MAIS ➡️ Criança fica ferida em acidente com brinquedo em praça de Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook