Morre Violati, servidor há 39 anos na Câmara de Goiânia

Na Casa, o presidente do Legislativo, vereador Romário Policarpo, decretou luto de 3 dias

Wilson Violati | Foto: Divulgação

O servidor da Câmara de Goiânia, Wilson Violati, morreu neste sábado (10) por complicações da Covid-19.

Na Casa, o presidente do Legislativo, vereador Romário Policarpo, decretou luto de 3 dias.

Com isso, a primeira prestação de contas do prefeito Rogério Cruz, que ocorreria nesta 2ª feira (12) foi adiada.

O prefeito lamentou a morte do servidor, com quem conviveu por 2 mandatos como vereador.

Wilson Violati e prefeito Rogério Cruz – Foto: Divulgação

“Estou consternado com a notícia de morte do senhor Violati, com quem convivi durante 8 anos no período em que estive lá e que não ouvi uma reclamação sequer sobre a sua postura. Uma pessoa íntegra, leal, de bom convívio com todos e com uma qualidade de serviço impressionante. É uma perda muito grande para a família, para a Casa legislativa e também para os goianienses”, declarou Cruz.

Prestação de contas

O prefeito comunicou, ainda, que não deixará que cumprir com o que estabelece a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que prevê a prestação de contas da Administração Municipal na Câmara, sobre o cumprimento de metas fiscais referentes ao primeiro trimestre de 2021.

Comentários do Facebook