As multas mais frequentes para motos | Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas
As multas mais frequentes para motos | Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas

Em levantamento junto aos órgãos de trânsito e aos sistemas de vigilância das prefeituras de Goiânia e de Aparecida, a reportagem montou uma lista com os 7 tipos de multas que os motociclistas mais praticam no dia a dia na Região Metropolitana da Capital.

Confira quais são, a gravidade de cada uma e o tamanho do prejuízo financeiro para os autores das infrações.

Veja quais as 7 multas mais frequentes para motos na Região Metropolitana:

1 – Estacionar de forma irregular

O condutor terá que pagar multa no valor R$ 130,16 e recebe 4 pontinhos na habilitação. A infração é considerada média.

2 – Ultrapassar outro veículo na contramão

Infração gravíssima. Condutor recebe 7 pontos e multa no valor de R$ 1.467,35. Essa dói no bolso!

3 – Avançar o sinal vermelho

A infração é considerada gravíssima. 7 pontos na carteira e uma multa no valor de R$ 293,47.

4 – Jogar ou abandonar lixo nas ruas

Infração de porte médio. O motociclista ganha 4 pontos na carteira e multa no valor de R$ 130,16.

5 – Dirigir sem o uso do capacete de segurança

Gravíssima. Condutor recebe 7 pontos na carteira, além de ter que pagar multa no valor de R$ 293,47.

A infração ocasiona suspensão do direito de pilotar, bem como apreensão do documento de habilitação.

6 – Conduzir motocicleta com farol desligado

Infração gravíssima e multa de R$ 293,47. Recebe 7 pontos.

O condutor tem o direito de pilotar suspenso (por um período de um a 12 meses), além da apreensão da carteira.

É importante manter a manutenção da motocicleta em dia e estar sempre atento para não esquecer de ligar o farol.

Lembrando que o agente de trânsito não precisa parar o motociclista para aplicar a multa.

7 – Fazer manobras radicais

É comum ver pelas ruas motociclista empinando moto ou realizando outro tipo de manobra radical.

O condutor que for flagrado terá que pagar multa de R$293,47. A infração é considerada gravíssima: 7 pontos na carteira.

Além de suspensão da permissão para pilotar por um período de um a 12 meses e apreensão da habilitação e da motocicleta.

Se houver mais de um motociclista praticando manobras perigosas e o agente entender que causou perigo a outro condutor ou transeunte, a multa vai para R$ 2.934,70.

LEIA MAIS: Detran GO: como consultar débitos de veículos (multa, IPVA etc.)


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook