Secretário de Saúde de São Miguel do Passa Quatro é exonerado após vacinar contra Covid

Então gestor não fazia parte do grupo-alvo de imunização

Município de São Miguel do Passa Quatro - Foto: Divulgação

Em São Miguel do Passa Quatro, a 86km de distância de Goiânia, o ex-secretário de Saúde do município foi indiciado por peculato após se apropriar de uma dose da vacina contra Covid-19.

Depois de receber denúncias, a Polícia Civil investigou possíveis irregularidades no programa de vacinação na cidade.

“Visitamos o hospital, a secretaria de Saúde e o próprio prédio onde vinha acontecendo a vacinação”, disse o delegado Bruno Barros Ferreira, que conduziu as investigações, em um vídeo divulgado.

Segundo ele, após ouvir testemunhas e analisar documentos, foi possível identificar na lista de vacinados o nome do gestor de Saúde de São Miguel do Passa Quatro à época, que não compunha o grupo-alvo da imunização.

“Figurava nessa lista de maneira irregular, à medida em que ele não era nem institucionalizado e nem profissional de saúde que participava da linha de frente. Portanto, ele não era alvo daquela primeira etapa”, informou o delegado.

O então secretário foi exonerado do cargo e poderá não ter a segunda dose administrada, conforme recomendação do Ministério Público de Goiás (MP-GO).

Veja vídeo do delegado Bruno Barros Ferreira com informações:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Folha Z (@folhaz)

Comentários do Facebook