Pequenos comerciantes da região do Garavelo fazem reunião para discutir medidas de restrição | Foto: Divulgação
Pequenos comerciantes da região do Garavelo fazem reunião para discutir medidas de restrição | Foto: Divulgação

Um grupo de comerciantes da região do setor Garavelo, em Aparecida de Goiânia, se reuniu nesta 6ª feira (12) para discutir um plano estratégico para dialogar com a prefeitura e evitar a prorrogação do fechamento total do comércio não essencial na cidade.

Segundo eles, as pequenas lojas da região não são focos de transmissão, mas sim as “aglomerações em grandes redes, ônibus e bancos”.

Para o empresário Fábio Alves, protocolos rígidos devem ser adotados, não o “lockdown”.

“Os comerciantes do Garavelo trabalham com todas as medidas de prevenção em combate à covid-19: funcionários usando máscaras, dedetizando as lojas, disponibilizando álcool em gel por toda a loja, disponibilizando máscaras, atendendo clientes com horários marcados etc.”, disse ele à reportagem.

Prefeito

Na 5ª (11), o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) fez transmissão ao vivo nas redes sociais por meio da qual conversou com seguidores.

Alguns deles questionaram o prefeito sobre medidas para auxiliar os comerciantes que tiveram que fechar as portas e, ainda assim, precisam cumprir com suas obrigações.

Como resposta, Mendanha afirmou que entende a dificuldade do setor e apontou que trabalha para retornar ao fechamento escalonado na cidade, no qual os comércios de cada região podem abrir em determinados dias da semana.

Rogério se reúne com secretários para debater possível prorrogação do isolamento


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook