Humorista Sérgio Mallandro
Humorista Sérgio Mallandro | Foto: Reprodução

O humorista Sérgio Mallandro foi vítima de um golpe financeiro milionário.

Em entrevista ao Fantástico nesse domingo (22), ele relatou que foi enganado, caiu na ‘pegadinha do malandro’ e ainda não recuperou o dinheiro.

“Para colocar uma marca na camisa de um time de futebol de ponta, é muito dinheiro. Tem que ser uma empresa muito consolidada. Eu nunca imaginei na minha vida que podia ver uma notícia daquela, que o cara tinha se metido naquela confusão”, contou.

Na fala, o humorista faz referência a 1 patrocínio a 24 times de futebol do Brasil, incluindo Vasco e Botafogo.

Segundo o artista, o esquema fraudulento foi promovido pela JJ Invest, empresa cujo proprietário foi preso em novembro.

Foi após fazer shows de stand-up em eventos empresariais promovidos pela marca que Mallandro decidiu investir.

“Eu fiz um investimento, todo mês vinha um relatório, mas para mim foi um susto. Poxa, eu acho que caí na pegadinha do malandro. Nunca tive retorno do dinheiro. Você investe na empresa que parece toda séria e acontece uma coisa dessa”, disse.

Jonas Jaimovick, fundador da JJ Invest
Jonas Jaimovick, fundador da JJ Invest | Foto: Reprodução

Esquema de pirâmide

A Polícia Civil do Rio prendeu no início de novembro o dono da empresa JJ Invest, Jonas Jaimovick, sob suspeita de comandar um dos maiores esquemas de pirâmide financeira já realizadas no país.

De acordo com a Delegacia de Defraudações, o grupo oferecia retorno de 10% ao mês aos investidores, muito acima da realidade do mercado.

Jaimovick era considerado foragido desde 2019, quando teve prisão decretada.

A investigação já identificou pelo menos 60 vítimas do esquema até o momento.

LEIA MAIS 👉 Depois do Amapá, Roraima caminha para outro apagão generalizado


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook