NBA vai abrir no Brasil 4ª maior loja da liga no mundo

Megaloja de 1.200 m² terá espaços interativos, quadras, vestiários, áreas de evento e mais

NBA loja São Paulo
NBA vai abrir 4ª loja maior do mundo em São Paulo | Foto: Divulgação

Cada vez mais, a National Basketball Association (NBA) vai espalhando a sua influência pelo Brasil, investindo pesado no varejo físico em terras tupiniquins.

Recentemente, o escritório da liga localizado no país confirmou a abertura de mais duas lojas da NBA em São Paulo em 2021 – no Morumbi Town Shopping (possivelmente em abril) e no Internacional Shopping (provavelmente em fevereiro).

O varejo que será aberto no Morumbi tem um conceito ainda inédito no Brasil – uma megaloja de aproximadamente 1.200 m², considerada a 4ª maior do planeta.

O local terá espaços interativos, quadras e vestiários, áreas de evento, tudo isso para proporcionar novas experiências para os fãs e atrair o público.

Ao contabilizar esses 2 novos espaços anunciados, a liga alcançará a marca de 10 lojas físicas no Brasil, e um total de 7 somente no estado de São Paulo, que passa a ser considerado o 3º maior mercado do mundo para a liga (excluindo os Estados Unidos).

Apostas

Com o crescente interesse pelo basquete americano, os brasileiros também estão participando cada vez mais do mundo das apostas esportivas online.

Especialistas recomendam a Betwinner Brasil para aqueles que queiram dar pitacos em ligas de basquete internacionais, ou até mesmo nos principais campeonatos nacionais, como o Brasileirão e a Copa do Brasil.

Segundo o vice-presidente de Licenciamento e Varejo da NBA para América Latina, Sério Perrella:

“Estamos felizes em anunciar a abertura das novas unidades NBA Store, ampliando a experiência da NBA para os fãs brasileiros. Temos um público exigente, existe um desafio permanente de estarmos sempre surpreendendo, inovando e, além dos espaços temáticos, característica das lojas da liga, estamos lançando o conceito da megaloja, uma experiência completa, pensada e planejada para proporcionar o que há de melhor do nosso jogo para os fãs”.

Atualmente, o Brasil possui 8 lojas físicas da liga de basquete americano nas seguintes cidades:

  1. Ribeirão Preto-SP;
  2. Santo André-SP;
  3. Mogi das Cruzes-SP;
  4. Curitiba-PR;
  5. Rio de Janeiro-RJ;
  6. Niterói-RJ;
  7. São Paulo-SP;
  8. e Campinas-SP.

Além delas, ainda há a NBA Store Truck (a unidade móvel é a única ‘loja sobre rodas’ da liga no mundo).

E, neste ano, a loja recebeu o prêmio de Melhor Varejista – Corporativo / Lifestyle / Fashion / Esportes 2019-2020 pelo Licensing International Excellence Awards 2020, que é considerada a premiação mais importante deste segmento no mundo.

Só no ano de 2019, mais de 1 milhão de pessoas visitaram as lojas em território nacional.

Volta da torcida nas arenas

Segundo a ESPN americana, o Golden State Warriors apresentou um plano ambicioso para reabrir o Chase Center para a torcida: fazer testes em todos os torcedores, jogadores e funcionários.

A arena tem capacidade para abrigar 18.064 pessoas, e acabaria recebendo cerca de 9 mil fãs.

O proprietário da franquia, Joe Lacob, defende com unhas e dentes que os Warriors estariam dispostos a investir US$ 30 milhões (cerca de R$ 165 milhões) em protocolos de segurança para prevenir o agravamento da crise sanitária.

“Não quero apenas fazer isso e mostrar ao mundo como podemos fazer isso agora, estou disposto a gastar o dinheiro para fazer isso”, disse Lacob, que é mestre em saúde pública, e trabalha neste plano desde o fechamento da NBA, em 11 de março.

Na prática, seriam utilizados os testes rápidos de PCR (reação em cadeia da polimerase), e/ou tecnologias de amplificação que podem detectar se alguém está infectado em 15 minutos, utilizando cotonetes, que são mais eficazes que os testes rápidos.

Ademais, o plano ainda prevê o uso obrigatório de máscara, sistema de filtragem de ar de última geração com capacidade de utilizar 100% do ar externo, e distanciamento social.

Lacob ainda disse que, apesar da equipe estar tentando que angariar receita, ele também está tentando demonstrar ao mundo que é possível a retomada dos eventos esportivos com segurança, e ele se dispõe a ser o pioneiro.

LEIA MAIS ➡️ Opinião na Era do Compartilhamento: um caminho sem volta


Veja tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook