Rogério Cruz, Luiz Bittencourt, Agenor Mariano, Pedro Chaves, Leandro Vilela e Andrey Azeredo | Foto: Montagem/FZ
Rogério Cruz, Luiz Bittencourt, Agenor Mariano, Pedro Chaves, Leandro Vilela e Andrey Azeredo | Foto: Montagem/FZ

Chamados de “5 intocáveis”, os titulares das principais pastas da gestão de Rogério Cruz (Republicanos) devem ser substituídos 1 a 1 nos próximos dias.

A informação foi confirmada por várias fontes ligadas ao prefeito.

De acordo com elas, além da saída de Andrey Azeredo (Governo), já efetuada, estão na fila da exoneração Agenor Mariano (Planejamento e Habitação), Luiz Bittencourt (Infraestrutura), Pedro Chaves (Mobilidade) e Leandro Vilela (Extraordinária).

Segundo emedebistas, eles eram os nomes mais ligados ao partido e ao próprio prefeito falecido Maguito Vilela.

Após 3 meses de gestão, porém, a saída dos “5 intocáveis” já é articulada.

Os substitutos, inclusive, já são estudados pelo prefeito e assessores mais próximos.

Até mesmo profissionais de fora do Estado são considerados, especialmente para pastas mais técnicas, como a Infraestrutura.

Nessa articulação, os principais atores são o deputado estadual Jefferson Rodrigues e o deputado federal João Campos, ambos do Republicanos.

Mais saídas

Outras saídas já certas, segundo fontes do Paço, são na Comunicação e na Cultura.

Para a Secom, o principal candidato é o jornalista Marcos Teixeira, atual diretor de Comunicação da Câmara Municipal.

Quem deve sair e quem pode entrar no 1º escalão em Goiânia

Rogério Cruz dá início à sua reforma administrativa

Valéria Pettersen deve assumir Secretaria de Educação de Goiânia


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook