Presidente da Câmara será denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro

Presidente da Câmara Eduardo Cunha
Presidente da Câmara Eduardo Cunha

O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve ser denunciado, ainda nesta quarta-feira (19), pelo Ministério Público Federal (MPF).

Eduardo Cunha será acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia deve ser apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) e tem como base a acusação do empresário Júlio Almeida Camargo, que confessou ter pago US$ 5 milhões em propina para o deputado.

Cunha sempre negou participação nos crimes e não quis comentar a denúncia. Se o STF aceitar a acusação, o deputado passará a ser réu no escândalo de corrupção da Petrobrás.

 

Comentários do Facebook