Nova desafiante ao cinturão do UFC, Miesha Tate elogia Holly Holm

Holm enfrenta Miesha em 5 de março (Foto: Getty Image)
Holm enfrenta Miesha em 5 de março (Foto: Getty Image)

Miesha Tate poderá disputar o cinturão feminino do UFC mais uma vez. A oportunidade veio após quatro vitórias seguidas e acontecerá contra a nova campeã Holly Holm, em Las Vegas, nos Estados Unidos, em 5 de março.

Tate, a “Cupcake”, foi finalizada pela ex-campeã Ronda Rousey, que foi desbancada por Holm. Para a desafiante, não enfrentar Ronda é positivo tanto dentro, quanto fora do octógono. Segundo ela, enfrentar Holly é motivo de comemoração, uma vez que nutre um sentimento de respeito e admiração pela campeã.

Miesha destacou a educação e humildade de Holly, além do jeito que ela e sua equipe se porta. Em entrevista ao Portal Combate, a Cupcake rasgou seda e afirmou que Holme é uma pessoa maravilhosa e campeã maravilhosa. “Eu realmente gosto muito dela.” Apesar disso, a desafiante garante que essa admiração não muda as coisas e quando elas estiverem no octógono e luta será inevitável.

LEIA MAIS: Após nocaute, Ronda Rousey é suspensa por 180 dias

Aposentadoria

Miesha Tate chegou a considerar a aposentadoria quando Holly Holm foi escolhida para disputar o título contra Ronda, no UFC 193. Mas com os novos resultados e a nova oportunidade a lutadora resolveu seguir em frente. Para ela foi uma nova perspectiva.

Sobre a campeã, Cupcake a considera muito perigosa, com uma luta de pé poderosa. “Eu sabia que ela era melhor na luta de pé que a Ronda, mas eu achei que a Ronda iria conseguir achá-la em algum momento. E ela simplesmente não deixou, foi impressionante”, concluiu ao portal.

Comentários do Facebook