Após anunciar medidas para monitorar a situação do coronavírus, a Prefeitura de Aparecida prepara ações mais drásticas para conter o alastramento da doença.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, o plano inclui suspender todos os eventos coletivos e reuniões administrativas a partir da próxima 2ª feira (16).

A possibilidade já era debatida no Paço, mas ficou mais urgente após a confirmação, na 5ª feira, de 3 casos do vírus em Goiás.

O “Prefeitura em Ação”, mutirão de serviços nos bairros que marca a gestão de Gustavo Mendanha, está na lista dos eventos que devem ser suspensos indefinidamente.

Já em relação às reuniões, somente pessoal imprescindível será admitido nos prédios e repartições.

Interlocutores do Executivo apontam que também é cogitada a possibilidade de gestantes e servidores com mais de 60 anos sejam dispensados do trabalho por 30 dias.

Apesar de não ter apresentado nenhum paciente com resultado positivo, Aparecida já está se precavendo para possíveis cenários de enfrentamento do coronavírus.

Coronavírus: mitos e verdades sobre prevenção, máscara e álcool gel


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook