Falso padre estelionatário foi preso em flagrante na tarde dessa 6ª feira (20) no Jardim América | Foto: José Alves/Folha Z
Falso padre estelionatário foi preso em flagrante na tarde dessa 6ª feira (20) no Jardim América | Foto: José Alves/Folha Z

Um falso padre estelionatário foi preso em flagrante na tarde dessa 6ª feira (20) no Jardim América, em Goiânia.

De acordo com a Polícia Militar, o homem entrou na residência de um casal de idosos pedindo R$ 1.300 para comprar uma batina.

Porém, como os donos da casa não tinham todo esse dinheiro, deram apenas R$ 100 para o homem.

Ele teria afirmado que seria ordenado em breve na Igreja São Sebastião, no mesmo setor.

Foi um neto do casal que estranhou o relato ao chegar no local e decidiu questionar o homem sobre a veracidade da história.

O estelionatário, então, assustou-se e saiu em disparada com o dinheiro.

Encaminhado à Central de Flagrantes, ele foi autuado por estelionato com agravante de cometimento contra vítima | Foto: José Alves/Folha Z
Encaminhado à Central de Flagrantes, ele foi autuado por estelionato com agravante de cometimento contra vítima | Foto: José Alves/Folha Z

Prisão

Após perseguir e capturar o indivíduo, o jovem acionou a PM, que realizou a prisão em flagrante.

O indivíduo, com idade por volta de 30 anos, magro, baixo e usando tornozeleira eletrônica na perna esquerda é portador de extensa ficha criminal.

Segundo a polícia, ele tem 4 passagens por estelionato e 2 por furtos no transporte coletivo.

Detido, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde foi autuado por estelionato com agravante de cometimento contra vítima idosa.

Outros crimes

Divulgação da iImagem do criminoso visa permitir que outras possíveis vítimas o reconheçam | Foto: José Alves/Folha Z
Divulgação da iImagem do criminoso visa permitir que outras possíveis vítimas o reconheçam | Foto: José Alves/Folha Z

De acordo com informações da PM, o homem afirmou não ter profissão, tendo “trabalhado a vida toda” com essas atividades criminosas.

Segundo o levantamento, seus principais alvos são os idosos.

Após a divulgação da ocorrência nas redes sociais da Folha Z, seguidores relataram suspeitas de que ele tenha feito mais vítimas.

“6ª feira passada aconteceu com minha madrasta”, escreveu uma internauta.

Outra seguidora relatou uma ocorrência parecida em Trindade, na Região Metropolitana.

“Se passou por afilhado da minha mãe e ficou pressionando por dinheiro. Fala com muita convicção que parece verdade. Quando eu vi ele já estava dentro da cozinha tomando água”, apontou.

Assassinato de caminhoneiro na Cidade Livre gera comoção


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook