Jamelões Goiânia
Jamelões serão substituídos por outras árvores em Goiânia | Foto: Divulgação

Goiânia iniciou a substituição de jamelões por novas mudas de Ipês, Oitis e outras espécies nativas nos canteiros das avenidas da cidade.

Segundo a prefeitura, o objetivo é plantar cerca de 1.200 novas árvores até o final de dezembro.

Inicialmente, 180 mudas serão plantadas nas Avenidas Ravena e Lourenço, entre os setores Celina Park e Residencial Eldorado.

As Avenidas Nazaré, no Jardim Guanabara, Inglaterra, no Jardim Atlântico, Anápolis, na Vila Pedroso e Atílio Correia Lima, na Cidade Jardim, serão contempladas na próxima etapa de plantio.

Veja locais onde os jamelões já foram retirados:

  • Avenida Fued José Sebba, no Jardim Goiás;
  • Avenida Ipanema, no Jardim Atlântico;
  • Avenida T-63, no Parque Anhanguera;
  • Avenida Engenheiro Atílio Correia Lima, na Cidade Jardim;
  • Avenida Gercina Borges Teixeira, no Vera Cruz II;
  • Avenida Nazareno Roriz, na Vila Aurora.

Além das trocas, a prefeitura também pretende seguir um cronograma de poda preventiva, que retira 80% da copa da árvore para reduzir a queda do fruto no asfalto.

Jamelões em Goiânia

Os jamelões estão presentes em aproximadamente 50 vias da cidade.

As árvores foram plantadas há mais de 20 anos e causam diversos danos, especialmente aos motociclistas, devido aos frutos que caem nas vias e provocam escorregões.

Os locais com maior concentração destas árvores são: Jardim Guanabara, Jardim Presidente, Jardim Planalto, Cidade Jardim, Jardim Novo Mundo, Parque Amazônia, Jardim Atlântico, Vila Pedroso, Jardim Curitiba e Jardim Liberdade.

LEIA MAIS ➡️ Verba de R$ 4,7 milhões será destinada a melhorar rodovias em Goiás


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook