Léo Mendanha - Foto: Folha Z
Léo Mendanha - Foto: Folha Z

O traslado do corpo de Léo Mendanha para Aparecida de Goiânia deve ocorrer apenas nas primeiras horas de 5ª feira (8).

Sua morte cerebral foi informada pela equipe médica do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, ainda na noite de 3ª (6).

Em caso de morte encefálica, porém, o Conselho Federal de Medicina (CFM) determina que o paciente seja observado e tratado por no mínimo 6 horas.

Depois disso, a equipe deve dar início aos exames de confirmação feitos por médicos distintos e realizados com um intervalo de 1 hora.

Caso qualquer desses testes detecte algum sinal de atividade cerebral, o diagnóstico de morte encefálica não pode ser determinado.

Do contrário, havendo confirmação, aí iniciam-se os procedimentos das comissões intra-hospitalares de doação de órgãos e tecidos para transplantes, que fazem entrevistas com os familiares do paciente para averiguar a possibilidade de doação.

Só então, enfim, há a liberação do corpo.

Homenagem

Em Aparecida, uma homenagem deve ser realizada para o ex-deputado em frente à prefeitura.

O local do velório e sepultamento do pai do prefeito ainda não foi comunicado.

É melhor ficar sumido 1 ano do que pra sempre, disse Léo sobre o isolamento em 2020


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook