Professor Alonso Santos pede desfiliação do PMN

Alonso Santos foi presidente do PMN em Goiás desde de 2019

Professor Alonso Santos - Foto: Divulgação

O professor Alonso de Oliveira Santos protocolou termo de desistência e desligamento da presidência do Diretório Metropolitano do Partido da Mobilização Nacional (PMN).

O documento  foi encaminhado ao presidente regional Dr. Paulo Daher e ao secretário geral Dr. Fernando Sales solicitando seu desligamento e desfiliação do PMN.

Alonso Santos esteve à frente do diretório do PMN em Goiás desde de 2019.

Professor Alonso Santos – Foto: Divulgação

Como nas eleições de 2016 havia ficado como 2º suplente pelo DC, com quase 3.000 mil votos, chegou ocupar a cadeira de vereador na Câmara Municipal de Goiânia por 30 dias em 2017.

Com sua experiência, ainda conseguiu lançar uma chapa de vereadores pelo PMN para as disputas eleitorais nas Eleições Municipais em 2020, onde obtiveram em media 8.000 mil votos com a chapa de vereadores, embora não foram possível eleger nenhum vereador.

Nas as eleições municipais de 2020, a sigla caminhou com o projeto “Goiânia em um Novo Momento”, do candidato a prefeito Vanderlan Cardoso.

 

Comentários do Facebook