Rogério Cruz em seu gabinete na prefeitura; ao fundo, fotografia sua ao lado de Maguito Vilela | Foto: Jackson Rodrigues
Rogério Cruz em seu gabinete na prefeitura; ao fundo, fotografia sua ao lado de Maguito Vilela | Foto: Jackson Rodrigues

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz divulgou nota nesta 6ª feira (9) afirmando que vai retirar uma foto de Maguito Vilela da parede do seu gabinete a pedido da viúva do ex-prefeito, Flávia Teles.

Rogério, no entanto, garantiu que guardará a imagem em sua casa: “pois sei como ele foi importante em minha vida”.

No texto, ele ainda pediu perdão e afirmou que não desrespeitou a memória de Maguito em nenhum momento.

Confira a íntegra da nota de Rogério:

“Em respeito à viúva de Maguito Vilela, senhora Flávia Teles, que pediu publicamente a retirada do quadro com a foto do ex-governador de mãos dadas comigo, vou atender imediatamente. Mas vou guardar em minha casa, pois sei como ele foi importante em minha vida. Em momento algum desrespeitei a memória de Maguito, nem tampouco a dor de nenhum parente ou amigo. Se em algum momento a senhora Flávia Teles se sentiu ofendida, lhe peço perdão publicamente. Sou homem íntegro que não tem dificuldades em pedir perdão.

Neste momento de tantas famílias enlutadas, o que eu também mais quero é paz para todos os goianienses e também para que Maguito Vilela descanse em paz.

Da minha parte, esse assunto se encerra por aqui em respeito à família. E também peço para a imprensa que não me pergunte mais sobre o assunto em respeito a memória de Maguito Vilela e toda a família.”

Flávia Teles

As falas do prefeito foram em resposta a uma carta, enviada por Flávia a veículos de comunicação e publicada em suas redes sociais, na qual ela expõe sua mágoa com recentes acontecimentos na prefeitura.

“Aproveito para pedir publicamente que Rogério Cruz retire do seu gabinete a foto de Maguito. Rogério não honra e não é digno do nome e da memória de Maguito”, disse.

“Nem sempre que o telefone toca, tenho condições de atender”, diz Rogério sobre Daniel Vilela


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook